Ameaça Global, A - O Império Em Cheque

3.00 2.70 -10%

Editora: Publicações Europa-América
Ano: 2008
Nº Páginas: 268
Peso: 0.300 Kg
Dimensões: 210x140x20 mm
ISBN: 5601072043190
Categoria(s) História , Ciência Política
Disponibilidade: Em Stock
Adicionar ao Carrinho

O novo livro do General Loureiro dos Santos, A Ameaça Global: O Império em Cheque - A Guerra do Iraque em Crónicas, procura responder às grandes questões estratégicas da actualidade, centradas na guerra do Iraque.Já é possível ver que «esta guerra não terá um fim clássico», diz o General Loureiro dos Santos, «com uma vitória e uma derrota claras. A decisão de um único actor (EUA) arrastou o envolvimento de muitos outros».
À situação de equilíbrio preexistente à invasão, sucederá outra situação de novo equilíbrio, mas já com uma diferente relação de forças menos favorável aos EUA.
A única potência com capacidade de actuação decisiva global revelou, na verdade, vulnerabilidades e inabilidades.
- Fez surgir comportamentos considerados nas margens dos direitos humanos.
- Realçou deficiências militares.
- Empenhou a maior parte do seu potencial militar terrestre
- Perdeu capacidade de intervenção noutras crises e permitiu que outros actores recuperassem liberdade de acção para promoverem estratégias desfavoráveis às posições ocidentais.
- Estimulou o terrorismo jihadista global, deu espaço ao recrudescimento da insurreição afegã e à reorganização da Al-Qaeda.
A ordem internacional unipolar já não se configura com a «pureza» com que era percepcionada antes desta guerra.
Os EUA mantêm a iniciativa das decisões estratégicas com impacto global. Mas têm mais dificuldade em concretizar objectivos.
«Em conclusão, a guerra do Iraque produziu alterações na forma como os EUA abordavam as grandes questões mundiais. De uma postura predominantemente unilateral para uma atitude em que prevalece o multilateralismo e se procuram ou aceitam soluções negociadas.»
Estará o império em cheque?